top of page

Ensaio fotográfico de crianças com Síndrome de Down promovem inclusão

Atualizado: 2 de dez. de 2020

Eu costumo dizer para meus clientes, que um dos lemas que sempre uso em meu trabalho como fotografo é "Eu vejo a luz das pessoas em minhas fotografias". Seguindo este contexto eu tive a imensa honra de poder fotografar a Clarinha, uma criança com Síndrome de Down.



As famílias que possuem uma criança com Down sabem muito bem do amor e fofura que eles transbordam, a tal luz em minhas fotografias, como citei logo no início, muitos dizem que eles possuem o Cromossomo do Amor, achei tão fofa esta expressão.


Eu confesso que no dia da fotografia eu estava meio chateado com algumas coisas, mas estava ali para fotografar, e conto para voces, recebi muita luz da Clarinha, literalmente. O sorriso, a espontaneidade, a diversão, fora as carreiras que ela dava em todo mundo.


Uma das coisas que mais me marcou, foi quando ela pediu para tirar uma foto comigo, depois pediu para tirar foto com a minha máquina e pasmem, ela pediu colo pra mim, tem como não derreter o fotógrafo assim?


Eu sempre acho que a fotografia tem que contar uma história, eu estava ali ao lado da Clarinha para contar uma história atrávez de minha fotografia. E a história que vi diante de meus olhos foi que uma criança com o Cromossomo do Amor, uma espécie de Anjo que Deus envia para nos inspirar.



Neste ensaio fui incluido no cromossomo do amor transbordado pela Clarinha, descobri que o amor existe, que a felicidade existe e que o mundo pode estar bem complicado mas devemos sempre sorrir, eu aprendi isso com a minha nova amiguinha, e tenho certeza que ainda fotografarei ela muito mais vezes.





Fiquem bem, acreditem no amor, sejam felizes.


Até a próxima pessoal.


Fabiano

156 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Komen


bottom of page